ATPA

 
As Atividades Teórico-Práticas de Aprofundamento (ATPAs) devem ser cumpridas por meio de atividades extracurriculares (ingressantes a partir de 2019). Há certa liberdade de escolha pelos estudantes, que elaboram um portfólio, mas a validação das mesmas passa por aprovação da Comissão de Coordenação do Curso. Para esta validação o estudante precisará enviar à CG um portfólio (ver anexo) das suas atividades, de preferência no semestre que antecede seu término no curso. A carga horária dessas atividades será cadastrada em tela específica do Júpiter (Aluno> Requerimento> Licenciatura: Atividades Teórico-Práticas de Aprofundamento).
 
Diferentes atividades podem ser contempladas: Iniciação Científica, Iniciação à Docência; Residência Pedagógica, Participação em Projetos, ou Grupos de Pesquisa; Participação em Seminários, Palestras e Congressos; Ações de Divulgação Científica ou Educação Não-Formal, Participação em projetos de Extensão Universitária; Monitorias etc. Estimula-se ao máximo que os estudantes, ao longo de toda a sua formação, participem da maior diversidade de atividades possível. 
 
O estudante precisa apresentar um portfólio contendo registros e certificados das atividades desenvolvidas.
Ao todo, o estudante precisa cumprir, no mínimo, 200h de ATPAs, divididas em diferentes atividades. 
 
Os arquivos, em anexo (lista atividades previstas e ficha de acompanhamento) têm a intenção de contribuir para a estruturação do portfólio de cada estudante.