Agência FAPESP destaca artigo publicado na Revista Nature

MATÉRIA PUBLICADA PELA AGÊNCIA FAPESP
 
16 de abril de 2018
 
Por Karina Toledo  |  Agência FAPESP
 
A colocação de espelhos gigantescos em volta da Terra com o intuito de refletir parte da radiação solar e o lançamento de milhões de toneladas de enxofre na estratosfera para simular efeitos de uma grande erupção vulcânica são alguns dos projetos mirabolantes de geoengenharia climática que começam a ser considerados para mascarar o aquecimento do planeta causado pelos gases de efeito estufa.
 
O impacto desse tipo de iniciativa sobre o ecossistema global ainda é muito incerto. Segundo um comentário publicado na revista Nature, a única certeza é que os países em desenvolvimento serão os mais afetados – tanto pelos efeitos das mudanças climáticas em si como pelas estratégias que venham a ser implementadas na tentativa de frear a elevação da temperatura.
 
O texto é assinado por 12 cientistas de países como Bangladesh, Etiópia, Índia, Jamaica, Quênia e Tailândia. Do Brasil, assina Paulo Artaxo, professor titular no Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP) e membro da coordenação do Programa FAPESP de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais (PFPMCG).
 
Para o grupo, a adoção de geoengenharia não pode ser uma alternativa à redução de emissões de gases de efeito estufa. “Reconhecemos os potenciais riscos físicos e implicações sociais e políticas. E nos opomos à sua implantação até que a pesquisa sobre sua segurança e eficácia tenha sido concluída e que os mecanismos de governança internacional tenham sido estabelecidos. Mas estamos comprometidos com a coprodução de pesquisa e com o debate bem informado”, afirmaram os cientistas na revista.
 
De acordo com Artaxo, projetos dedicados a modelar os resultados de estratégias de geoengenharia climática têm sido conduzidos em países como Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha, mas por enquanto sem a participação de cientistas de países em desenvolvimento.
 
A matéria completa pode ser lida no link abaixo:
 
Término: 
23/04/2018