Ensino a distância é nova realidade para professores de graduação da USP

Docentes da Universidade contam com plataformas para organização dos cursos e produção de vídeo-aulas; frequência dos alunos será computada no ambiente virtual

Por: Thais Helena Santos, Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


A suspensão das atividades acadêmicas presenciais nos campi da Universidade de São Paulo (USP), frente à disseminação do coronavírus, colocou quase 60 mil estudantes de graduação da instituição diante do desafio de novas formas de aprendizagem. A educação a distância, que na maioria das instituições de ensino superior se dá por meio de ambientes virtuais de aprendizagem, pode substituir temporariamente as aulas presenciais pelo prazo inicial de 30 dias,  conforme a portaria número 343, publicada no dia 17 de março pelo Ministério da Educação (MEC). Saiba mais...


Imagem: Reprodução