Reflectografia de Infravermelho

 

 

A Reflectografia de Infravermelho próximo (NIR) é uma técnica óptica não destrutiva na qual a imagem é obtida através de uma câmera digital com sensor CCD e um filtro IR, acoplado à lente. Esta técnica é usada no estudo de desenhos subjacentes, isto é, os primeiros traços do artista antes de serem aplicadas as camadas de tinta. Também é útil para revelar pentimenti, áreas de retoques e falsificações.



Aplicação da técnica de Reflectgrafia de Infravermelho na obra produzida pela restauradora Márcia Rizzo em 2009 (mais informações).

 



Comparando a imagem IR com a de luz visível, é possível notar traços feitos em carvão e pequenos números feitos com grafite na imagem, que, depois, foram recobertos pela tinta: