O Radiotelescópio BINGO

BINGO é um acrônimo de Baryon Accoustic Oscillation INeutral Gas Observations, único radiotelescópio projetado para fazer as primeiras detecções das Oscilações Acústicas de Bárions por meio de radio frequência. O Telescópio BINGO fará as suas detecções na banda de rádio na faixa dos 960 a 1260 MHZ. Essa é a faixa de detecção do gás neutro (Hidrigênio atômico) com comprimento de onda localizado a um desvio para o vermelho z (redshift) entre 0.13 e 0.48. 

Dessa forma, o Projeto BINGO tem como objetivo principal investigar as oscilações acústicas de bárions por meio do elemento mais abundante do Universo, o hidrogênio atômico, no comprimento de onda de 21 cm (1.4 GHZ). A detecção não é feita nesse mesmo comprimento de onda, porque devido ao "avermelhamento" causado pela expansão do Universo, há uma mudança na faixa de detecção, que fica entre 960 a 1260 MHZ em fontes que se encontram a um redshift compreendido entre 0.13 e 0.48. 

A forma como o BINGO fará a detecção, modo de operação, é conhecido como HI Intensity Mapping, em que vastas áreas do céu serão constantemente varridas (analisadas) com o objetivo de se obter a emissão integrada de zonas não resolvidas dentro de uma certa distância angular, e assim investigar a estrutura em grande escala do Universo. A partir desses dados, iremos estabelecer a escala de flutuações, ou mudanças na distribuição de matéria, em que quanto maior a emissão, maior a densidade de gás (hidrogênio). 

As oscilações acústicas de bárions (BAOs) são como réguas padrão que permite medir a expansão do Universo em função do desvio para o vermelho, e por essa razão, restringir as propriedades da matéria escura.