Jornal da USP destaca colaboração internacional DES

MATÉRIA DO JORNAL DA USP
 
Editoria - Ciências Exatas e da Terra - 30/08/2017
 
Cientistas produzem mapa da matéria escura no Universo
 
Ainda que de natureza desconhecida, pesquisadores mapeiam a matéria escura no céu em busca de explicações para a expansão do Universo
 
Por Redação
 
A matéria conhecida (denominada “bariônica”) corresponde a apenas 5% do conteúdo do Universo. Outros 25% são constituídos pela desconhecida matéria escura. E 70%, pela ainda mais enigmática energia escura. Estas porcentagens arredondadas, que haviam sido estabelecidas por estudos anteriores, foram confirmadas agora, com notável convergência numérica, pelo Dark Energy Survey (DES).
 
Conduzido por uma colaboração internacional, o DES é um mapeamento do Universo em grande escala, que deverá rastrear uma área equivalente a um oitavo do céu (5 mil graus quadrados) e levantar dados sobre mais de 300 milhões de galáxias, 100 mil aglomerados e 2 mil estrelas supernovas, além de milhões de estrelas da Via Láctea e objetos do Sistema Solar.
 
Com a atividade iniciada em 2013 e prevista para prosseguir até 2018, a colaboração acaba de divulgar os dados sistematizados de seu primeiro ano de trabalho. O trabalho permitiu a elaboração de um mapa, com 26 milhões de galáxias, e apresenta a distribuição heterogênea da matéria escura em uma faixa de bilhões de anos-luz de extensão.
 
A matéria completa pode ser lida no link abaixo:
 
  
Término: 
04/09/2017