Crise é a melhor hora para pensar o futuro da Ciência e da Universidade

Como abrir a mente para pensar o futuro da universidade e da ciência num momento em que a realidade atual do setor no País – cortes, ameaças e ataques – se apresenta como um rolo compressor sobre as cabeças acadêmicas?

Por: Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original. 


Na quinta-feira, 28 de novembro, Cristovan Buarque e Isaac Roitman, da UnB, comandaram um debate sobre o futuro da produção do conhecimento e dos espaços onde ela se dá. Para quem está no olho do furacão, a tarefa pode parecer árdua, mas ambos enfatizaram momentos de crise como a melhor hora para pensar em transformações. Saiba mais...


Imagem: reprodução