Como é ser uma cientista?

Do total de pesquisadores (no país), 122.103 são mulheres (de acordo com os últimos dados publicados pelo Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil, do CNPq, em 2016). Já em relação às bolsas de estudo oferecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), as mulheres representam 60%

Por: Patrícia Carvalho, Revista Quero Bolsa. Acesse aqui a matéria original.


Embora pareça um cenário favorável, ao olhar a fundo a distribuição de pesquisadores por área é possível perceber a predominância de homens. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto de Psicologia (IP) da Universidade de São Paulo (USP) a partir de dados da Academia Brasileira de Ciências (ABC), na área de Engenharia, Ciências Exatas e da Terra, Engenharia Elétrica possuía 13 mulheres e 269 homens. Em Física, 101 mulheres para 806 homens e em Matemática, 29 mulheres para 271 homens.  Saiba mais...


Imagem: skeeze/ Pixabay