Pesquisadores do LHC descobrem nova partícula exótica

Os físicos que trabalham no Grande Colisor de Hádrons (LHC) da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) observaram pela primeira vez um novo tipo de partícula subatômica, composta por quatro quarks de charm

Por: André Luiz Dias, Tecmundo. Acesse aqui a matéria original.


Ainda sem nome, ela é a primeira composta pelo mesmo tipo de quark, um elemento básico para a formação de toda a matéria, podendo representar uma família de partículas nunca antes vista pelos cientistas. Geralmente, os quarks se unem em grupos de dois ou três para formar os hádrons; porém, há décadas é prevista a existência de hádrons de quatro e cinco quarks (tetraquarks e pentaquarks). Tais elementos exóticos chegaram a ter a existência confirmada por experimentos nos aceleradores de partículas, mas não haviam sido observados em uma formação como essa. Saiba mais...


Imagem: CERN/ Divulgação