Profissionais formados na USP, Unesp e Unicamp têm produtividade maior

No longo prazo, essa produtividade garante o retorno para a sociedade dos valores investidos nas três instituições

Por: Valéria Dias, Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


Imagine duas pessoas, com o mesmo nível universitário, idade, gênero, ocupação, tempo de emprego, trabalhando no mesmo Estado e setor de atividade. Se uma delas tiver feito a graduação na USP, na Unesp ou na Unicamp, o diferencial de produtividade, em 2018, terá sido 24% maior em comparação a um profissional graduado em outras universidades, sejam elas públicas ou privadas. Saiba mais...


Imagem: Beatriz Abdalla/ Jornal da USP/ George Campos/ Wikimedia Commons