Cientistas comparam grau de filtração de materiais das máscaras mais usadas

Laboratório de Física Atmosférica da USP analisou 300 máscaras comumente usadas pela população para se proteger da covid-19

Por: Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


O uso de máscaras faciais é obrigatório em locais públicos em muitos países e tem se mostrado fundamental para diminuir a disseminação da covid-19. Nos países em desenvolvimento, máscaras caseiras com formatos e tecidos variados são usadas ​​diariamente pela população. Estudos científicos indicam que a proteção contra o sars-cov-2 varia significativamente neste tipo de máscara. Por isso, uma equipe de pesquisadores da USP e do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen) realizou um extenso estudo com os materiais típicos das máscaras usadas pelos brasileiros, recentemente publicado na revista Aerosol Science & Technology. Saiba mais...


Imagem: Projeto Inspire