Evento na USP apresenta detalhes do mais acurado mapa da Via Láctea

Com dados do satélite Gaia, Agência Espacial Europeia divulgou novas descobertas sobre a galáxia, que estão revolucionando a astronomia; evento terá transmissão ao vivo no dia 23 de junho, às 12 horas
Por: Jornal da USP.
Acesse aqui a matéria original.


A Agência Espacial Europeia (ESA) liberou a segunda parte dos dados de uma série de divulgações sobre a Missão Gaia, considerada a maior coleção de dados já feita sobre a Via Láctea. De acordo com o professor Ramachrisna Teixeira, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP, os resultados devem provocar uma alteração revolucionária na base do conhecimento astronômico.
 
Teixeira, um dos astrônomos brasileiros envolvidos neste trabalho, apresentará detalhes dos últimos resultados divulgados pela ESA na próxima edição do Astronomia ao Meio-Dia, evento público e gratuito, voltado a todos os interessados em astronomia. A palestra acontece no próximo dia 23, das 12h às 13h, no IAG e também terá transmissão ao vivo pelo Youtube.
 
“O que torna os dados Gaia revolucionários são a abundância e a qualidade inéditas, e também a diversidade de categorias de objetos observados”, afirma o professor. Ele conta que colegas de todas as partes do mundo estão mergulhados em um oceano de posições, movimentos, brilhos e cores, disponibilizados pelo satélite que vigia a Via Láctea. Os últimos resultados científicos da missão incluem uma nova compreensão de como as estrelas se agrupam e o fato de que a Via Láctea de hoje foi formada a partir de uma fusão de galáxias. Saiba mais...

Imagem: Via Láctea vista da Terra – Foto: ESA/Gaia/DPAC; CC BY-SA 3.0 IGO / A. Moitinho