Tecnologia otimiza o uso de ventiladores pulmonares e de leitos em UTI

Um tomógrafo por impedância elétrica desenvolvido pela startup paulista Timpel para monitorar pacientes que necessitam de ventilação artificial pode ajudar a aumentar a disponibilidade de ventiladores pulmonares e, consequentemente, de leitos em unidades de terapia intensiva (UTIs) para pacientes com COVID-19 em estado grave

Por: Elton Alisson, Agência FAPESP. Acesse aqui a matéria original.


Desenvolvido por meio de um projeto apoiado pela FAPESP, o equipamento já está sendo utilizado em hospitais no Brasil, Europa, Estados Unidos, Japão e no Oriente Médio. Em São Paulo, os equipamentos da Timpel já estão em operação no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FM-USP), Hospital Emílio Ribas, Instituto do Coração (Incor) e em diversos hospitais privados. Saiba mais...


Imagem: Divulgação