Novo modelo matemático vai auxiliar nas decisões sobre medidas de controle na pandemia

Sistema desenvolvido por cientistas da Poli é uma adaptação de um modelo já consagrado em estudos epidemiológicos conhecido como SIR

Por: Antonio Carlos Quinto, Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


A partir de um modelo já consagrado, conhecido como SIR , a física Cristiane M. Batistela desenvolveu um novo modelo capaz de mostrar como acontece a propagação do vírus causador da covid-19.  Para o modelo proposto, as principais estratégias de controle estão associadas à taxa que estabelece a relação entre indivíduos infectados e suscetíveis, taxa que chamamos “popularmente” de contato; e a taxa de remoção de indivíduos infectados. Ou seja, reduzir os “contatos” entre pessoas suscetíveis, que não adquiriram a doença, e aquelas que foram infectadas, e ter os números da taxa de remoção, que são as pessoas curadas ou que entraram em óbito. Saiba mais...


Imagem: CDC / Dr. Fred Murphy / Phil via Wikimedia Commons / Domínio público