USP mostra como a rede de contatos sociais influencia cenário da pandemia de covid-19

Batizado de ComplexVid-19, modelo matemático desenvolvido na USP em São Carlos fornece dados amplos e mais precisos sobre movimentação da população durante a pandemia

Por: Antonio Carlos Quinto, Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


Imagine uma cidade com 100 mil habitantes se deslocando, diariamente, a destinos comuns e cotidianos: escola, trabalho, atividades religiosas, atendimentos médicos e atividades de lazer, entre outros, inclusive utilizando ou não o transporte público. Em tempos de pandemia, como vivemos atualmente, é possível estimar como esses deslocamentos podem influenciar na transmissão de um vírus? De acordo com uma equipe de cientistas do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP e do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), também de São Carlos, a resposta é sim. Saiba mais...


Imagem: Fotomontagem de Jornal da USP sobre foto de Marcos Santos/ USP Imagens