Disciplinas obrigatórias

O número de disciplinas obrigatórias totaliza 112 créditos-aula, divididas em 4 blocos:
 
  1. Física teórica básica – 4 disciplinas com ênfase na fenomenologia da física. Nestas disciplinas são apresentados os fundamentos da mecânica, ondulatória, termodinâmica e mecânica estatística, bem como eletromagnetismo. Fazem a base para as disciplinas avançadas que revisitam estes assuntos de forma aprofundada e também apresentam as bases da física contemporânea.
  2. Física experimental – 5 disciplinas com ênfase no desenvolvimento do método científico e análise estatística de dados e 1 disciplina de química com atividades experimentais.  Disciplinas experimentais devem contribuir para sedimentar nos estudantes as bases da metodologia científica bem como apresentar com clareza a importância das atividades experimentais no processo de produção do conhecimento. A fim de se atingir esse objetivo, deve-se dar ênfase ao desenvolvimento da habilidade de analisar e interpretar quantitativa e rigorosamente as medidas realizadas, com o uso dos princípios da teoria de erros, conhecimento sobre a instrumentação utilizada e de técnicas avançadas de análise de dados, inclusive simulações computacionais, assim como a habilidade de avaliar os resultados obtidos, comparando-os com teorias, modelos e outros experimentos, identificando limitações e propondo aprimoramentos. Todas as atividades devem ser planejadas para estimular o raciocínio e senso crítico, bem como para orientar o desenvolvimento da capacidade de trabalho coletivo dos alunos.
  3. Matemática – 8 disciplinas necessárias para desenvolver as bases matemáticas da física que incluem cálculo, geometria analítica, álgebra linear e computação. Esse bloco, composto de disciplinas igualmente básicas e fundamentais, tem como objetivo fornecer o ferramental matemático absolutamente imprescindível para uma compreensão mais profunda dos fenômenos físicos. Isso é utilizado, pois acredita-se que a matemática seja a linguagem da física e, ao mesmo tempo, ajuda a desenvolver uma forma especial de raciocínio, sem a qual é quase impossível avançar em conceitos mais profundos da Física.
  4. Física teórica avançada – 6 disciplinas contendo a formulação moderna das grandes áreas da física atual: mecânica clássica e quântica, eletromagnetismo e termodinâmica/física estatística. Nestas disciplinas a abordagem é bem diferente daquela que caracteriza o primeiro bloco: a utilização sistemática do instrumental matemático adquirido e o caráter formal e rigoroso na apresentação dos conceitos são a tônica destas disciplinas.
Na tabela abaixo é mostrado um quadro resumo com as disciplinas obrigatórias do curso.
 

Disciplinas obrigatórias. Os números entre parêntesis são os números de créditos de cada disciplina (créditos-aula + créditos-trabalho). Logo abaixo do nome da disciplina é mostrado o seu código. Clique no código para ver a ementa da disciplina.
Teóricas básicas Experimentais Matemática Teóricas avançadas
Física I (6)
4302111
Física Experimental I (4)
4302113
Cálculo diferencial e integral I (6)
MAT0111
Mecânica I (4)
4302305
Física II (6)
4302112
Física Experimental II (4)
4302114
Cálculo diferencial e integral II (6)
MAT0121
Física matemática I (4)
4302204
Física III (6)
4302211
Física Experimental III (4+2)
4302213
Cálculo diferencial e integral III (6)
MAT0216
Eletromagnetismo I (4)
4302303
Física IV (6)
4302212
Física Experimental IV (4+2)
4302214
Cálculo diferencial e integral IV (4)
MAT0220
Mecânica Estatística (4)
4302401
  Física Experimental V (4+2)
4302313
Vetores e geometria (4)
MAT0112
Física Quântica (4)
4302311
  Fundamentos de química para físicos (6)
QFL606
Álgebra linear I (4)
MAT0122
Mecânica quântica I (4)
4302403
    Introdução à computação (4)
MAC0115
 
    Cálculo numérico (4)
MAP0214