Todas as Notícias

Pró-reitores divulgam carta aberta sobre programa de bolsas de Iniciação Científica do CNPq

Pró-reitores criticam exigência de que as bolsas deverão estar vinculadas a “Áreas de Tecnologias Prioritárias”, o que pode prejudicar pesquisas em artes e humanidades

Por: Adriana Cruz, Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


Os três pró-reitores de Pesquisa da USP, da Unesp e da Unicamp divulgaram uma carta aberta, em nome do Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas (Cruesp), em que expressam a preocupação quanto a mudanças na recente chamada do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic). De acordo com os pró-reitores, “ao fazer tal exigência, o CNPq exclui do programa de bolsas uma parcela significativa e importante da pesquisa nacional, a saber, todas as pesquisas, básicas ou aplicadas, que não tenham por foco as áreas elencadas na portaria, o que inclui também a absoluta maioria das pesquisas em artes e humanidades”. Saiba mais...


Imagem: Reprodução

Complexidade surge como uma nova etapa no pensamento da ciência

José Eli da Veiga destaca a importância do tema e recomenda um guia sobre o assunto publicado pela professora Melanie Mitchell, do Instituto Santa Fé

Por: Jornal da USP. Acesse aqui a coluna completa.


Nos anos 1980, Philip Warren Anderson, Nobel de Física, e Kenneth Arrow, Nobel de Economia, tiveram a iniciativa de juntar no Instituto Santa Fé, na Califórnia (EUA), economistas e cientistas de outras áreas, como biólogos e físicos, entre outros. “Foi em meio a essa grande discussão que nasceu o debate sobre a importância da complexidade, como uma espécie de nova etapa do pensamento geral das ciências”, descreve o professor Eli da Veiga. Saiba mais...


Imagem: Divulgação

 

Reflexões sobre como melhorar o impacto de seu periódico

A editora Springer Nature promoverá transmissão on-line da “Live para editores: “Reflexões sobre como melhorar o impacto de seu periódico” amanhã, 5 de maio

Por: Agência FAPESP. Acesse aqui mais informações.


Voltado especialmente para editores científicos, o evento tem como objetivo discutir estratégias e ações que promovam o desenvolvimento das revistas científicas. Haverá participação especial de Sigmar de Mello Rode, presidente da Associação Brasileira de Editores Científicos. A transmissão é aberta ao público e acontecerá das 15 às 16 horas. Saiba mais...

Imagem: Reprodução

 

Curso da USP pela internet vai ensinar ciência para garotas do ensino básico

Durante cinco semanas, cientistas serão "fadas madrinhas" no projeto Astrominas e mostrarão para meninas que é possível seguir carreira nas áreas científicas; inscrições podem ser feitas de 4 a 20 de maio

Por: Thais Helena Santos. Acesse aqui mais informações.


Que tal conhecer e se interessar pelo universo da ciência, além de imaginar um futuro como astrônoma, neurocientista, engenheira, física, bióloga ou outras profissões interessantes? E tudo isso com a ajuda de “fadas madrinhas”? Isso é possível com o Astrominas, projeto do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP que abre nesta segunda-feira inscrições para meninas, estudantes do 9o. ano de ensino fundamental e 1o. e 2o. anos do ensino médio, participarem de atividades durante cinco semanas, com início dia 30 de maio. Saiba mais...

Imagem: Divulgacão

 

“Jornal da USP” promove webinars gratuitos para discutir a ciência da covid-19

O primeiro “Webinar Ciência USP” traz especialistas em infectologia e pneumologia para discutir os maiores desafios que a doença apresenta para a medicina

Por: Jornal da USP. Acesse aqui mais informações.


O Ciência USP, selo de divulgação científica do Jornal da USP, realiza a partir da próxima quarta-feira, 6 de maio, uma série de eventos on-line abertos ao público para discutir os diversos aspectos da pandemia de covid-19. No primeiro deles, a jornalista Luiza Caires recebe os médicos da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) Frederico Fernandes e Silvia Vidal. Eles abordarão os desafios que a doença trouxe para a medicina, tanto do ponto de vista clínico, no atendimento de pacientes, como da saúde pública, incluindo a prevenção e os registros epidemiológicos. Saiba mais...

Imagem: Divulgação

 

Abertas as inscrições da 10ª Edição do Prêmio Prof. Rubens Murillo Marques

Prêmio valoriza e divulga experiências formativas realizadas por docentes dos cursos de licenciaturas e Pedagogia

Por: Organização Prêmio Professor Rubens Murillo Marques. Acesse aqui mais informações sobre o prêmio.


Neste ano, serão premiados até três trabalhos, sendo que um deles será destinado, preferencialmente, a projetos na área de educação infantil e/ ou alfabetização. Saiba mais...


Imagem: Divulgação

USP é a melhor latino-americana em rankings da Rússia e da Turquia

A Universidade ficou na 111ª colocação no RUR, da Rússia, e na 33ª posição no Urap, da Turquia

Por: Erika Yamamoto. Acesse aqui a matéria original.


Na edição deste ano, o ranking avaliou 829 instituições de ensino superior de acordo com 20 indicadores de desempenho, agrupados em quatro categorias: ensino, pesquisa, internacionalização e sustentabilidade financeira. Considerando apenas os indicadores de ensino, a USP fica na 66ª posição; em pesquisa fica na 215ª posição; em internacionalização, na 420ª; e em sustentabilidade financeira, na 178ª posição. Saiba mais...


Imagem: Jornal da USP

Plataforma reúne gráficos interativos sobre a evolução da COVID-19 no Brasil

Um grupo de pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) desenvolveu uma plataforma interativa que reúne dados epidemiológicos sobre a COVID-19 de todos os estados brasileiros

Por: Agência FAPESP. Acesse aqui a matéria original.


A ideia (...) veio da necessidade de organizar os dados de modo a possibilitar comparações entre os estados. Em três semanas, todos os gráficos foram colocados na plataforma para livre acesso. O grupo optou por usar gráficos interativos, em vez de estáticos, para que o usuário compreenda melhor os dados, podendo manipulá-los e escolher quais estados deseja comparar. Saiba mais...


Imagem: Divulgação

 

Eficácia de tratamentos contra coronavírus requer rigor científico

Mayana Zatz comenta sobre as etapas necessárias para o desenvolvimento de drogas e vacinas e a rigidez aplicada pelos cientistas durante os testes de segurança e eficácia

Por: Jornal da USP. Acesse aqui a coluna completa.


Enquanto o mundo adota o isolamento social como uma medida para evitar o colapso do sistema de saúde, a comunidade científica reúne esforços para encontrar um remédio ou desenvolver uma vacina que combata a covid-19. Mas, para uma droga ser aprovada, são necessários muitos estudos e vários testes. Uma das questões mais polêmicas em torno da doença é o uso da cloroquina. É eficaz ou não? E quando deve ser tomada, no início do sintoma ou em fases mais adiantadas da doença? Saiba mais...

Imagem: Divulgação

 

Páginas