Todas as Notícias

USP prevê continuidade das aulas de forma remota no segundo semestre de 2020

Atividades acadêmicas presenciais deverão ser retomadas em janeiro do próximo ano

Por: Adriana Cruz, Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


O grupo de trabalho coordenado pelo vice-reitor da Universidade, Antonio Carlos Hernandes, apresentou, no dia 16 de junho, o plano de readequação das atividades acadêmicas para o segundo semestre deste ano. (...) De acordo com o planejamento, elaborado a partir da sistematização das propostas enviadas pelas Unidades de Ensino e Pesquisa e Órgãos da Universidade, tanto as aulas de graduação quanto de pós-graduação deverão continuar sendo ministradas de forma remota a partir do mês de agosto. Saiba mais...

Imagem: Adriana Cruz/ Assessoria de Imprensa

 

Webinar: Biomass and Sustainability

The BIOEN FAPESP Program is pleased to invite the scientific community to a webinar on the latest scientific and technological achievements in bioenergy. Invited speakers will tell us the stories behind the cases of success and bioenergy scientific achievements

Por: FAPESP. Acesse aqui mais informações sobre o evento.


This webinar will be the first of a series of on-line seminars that will bring an enlightening insight into the BIOEN Program and its results in all areas of knowledge: biorefineries, engine and aviation applications, sustainability and impacts. Saiba mais...


Imagem: Divulgação

A 'pause button' for light particles

A team led by physicists Dr. Thorsten Peters and Professor Thomas Halfmann is doing the seemingly impossible: stopping light for tiny fractions of a second. They then end the stopover at the push of a button letting the light pulse continue its journey. The researchers are even stopping individual light particles

Por: Technische Universitat Darmstadt, Phys.org. Acesse aqui a matéria original.


What sounds like a physical gimmick could be of use for future applications. So-called quantum technology attempts to use bizarre effects of quantum physics for faster computers, more precise sensors and bug-proof communications. Photons, which are used in quantum technology as information carriers, play a decisive role in this. Saiba mais...


Imagem: Pixabay/ CC0 Public Domain

Santander Global lança desafio de empreendedorismo universitário

Empreendedores poderão apresentar projetos nas categorias Capacitação, Empregabilidade, Transformação PME´s e Novas Oportunidades. As inscrições vão até 2 de julho

Por: AUCANI. Acesse aqui a matéria original.


Um júri composto por representantes do ecossistema empreendedor e executivos do Banco vai selecionar 20 projetos – cinco por categoria – considerando impacto potencial, viabilidade, inovação, escalabilidade e clareza. Cada um receberá 20 mil euros para o desenvolvimento e implantação. Saiba mais...


Imagem: Divulgação

 

As universidades públicas paulistas e os desafios da pandemia

A pandemia da COVID-19 e o isolamento social colocaram um duplo desafio para as universidades públicas paulistas: exigiram que elas mobilizassem todos os recursos de pesquisa para responder a uma demanda urgente de saúde e, ao mesmo tempo, reorientassem a formação presencial de alunos para o ensino a distância

Por: Claudia Izique, Agência FAPESP. Acesse aqui a matéria original.


Na Universidade de São Paulo (USP), cerca de 200 grupos de pesquisas de diversas áreas do conhecimento iniciaram estudos relacionados à COVID-19, enquanto a instituição rapidamente redirecionava 90% das disciplinas para o ensino a distância, de acordo com o reitor Vahan Agopyan .“Em duas semanas passamos a oferecer quase todas as disciplinas remotamente, de aulas a estudo de caso. Na pesquisa, reuniram-se grupos que nunca tinham trabalhado juntos e laboratórios se uniram para fazer diagnósticos. Aprendemos a multidisciplinaridade.” Saiba mais...


Imagem: Reprodução

 

USP é a 115ª melhor universidade do mundo, segundo ranking QS

A Universidade obteve sua melhor classificação desde que o ranking começou a ser publicado em 2004

Por: Erika Yamamoto, Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


A USP é a 115ª melhor universidade do mundo, de acordo com o QS World University Ranking divulgado no dia 10 de junho, pela consultoria britânica especializada em ensino superior Quacquarelli Symonds (QS). Este é o terceiro ano consecutivo em que a Universidade ganha posições, passando do 121º lugar, em 2017, para o 115º, em 2020, sua melhor classificação desde que o ranking começou a ser publicado, em 2004. A USP também é a universidade brasileira mais bem classificada. Saiba mais...


Imagem: Reprodução

 

Raios cósmicos contam a história da nossa ciência e dão destaque ao Brasil

Estudo deste tipo de radiação, com origem em objetos do espaço sideral, marcou a história da física e astrofísica de partículas no País

Por: Luiza Caires, Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


Na edição anterior de Entender Estrelas, o astrofísico João Steiner, professor do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP, nos apresentou aos raios cósmicos, partículas de energia elevada com diversas origens na galáxia e fora dela. Na coluna desta semana ele prossegue falando do tema e conta que esse fenômeno é um objeto de pesquisa marcante na história da astrofísica brasileira, com forte tradição em seu estudo. Nomes como César Lattes, Mario Schenberg  e Gleb Wataghin (russo radicado no Brasil) fizeram importantes contribuições para a ciência sobre os raios cósmicos em si e sobre outros tópicos, como a física de partículas, a partir deles. Saiba mais...

Imagem: Divulgação

 

Neutrinos, os mensageiros cósmicos que podem explicar mistérios do Sol e dos buracos negros

Os neutrinos estão entre as partículas mais enigmáticas da física. Uma das razões para isso está no fato de que eles são extremamente difíceis de se detectar. Assim, os cientistas têm de desenvolver estratégias criativas para tentar "capturá-los"

Por: Alejandra Martins, BBC. Acesse aqui a matéria original.


Alguns chegaram a instalar instrumentos a mil metros abaixo da superfície da Antártida e nas profundezas do mar Mediterrâneo, outros colocaram antenas em um balão que sobrevoa o continente congelado. "Assim como um astrônomo vai para uma montanha com seu telescópio e observa as estrelas, queremos saber como o Universo funciona. Mas, em vez de usar a luz, usamos outro mensageiro cósmico, que são os neutrinos", explica físico Juan de Dios Zornoza, professor da Universidade de Valência (Espanha) e coordenador do grupo espanhol ANTARES, que busca neutrinos no Mediterrâneo. Saiba mais...


Imagem: IceCube/ NASA

Mulheres nas ciências: livro gratuito da UFPR é garantia de informação e diversão na quarentena

Projeto da UFPR disponibiliza gratuitamente livro de passatempos referente às mulheres cientistas que se encontram na luta contra o COVID-19

Por: Íris Gonçalves, Banda B. Acesse aqui a matéria original.


"(...) Na minha incansável busca por coisas novas, abri o horizonte para outras fontes de pesquisa e foi desta maneira que me deparei com um projeto incrível, que merece todo reconhecimento. Trata-se de um livreto de passatempos criado para dar visibilidade à mulheres que dedicaram suas vidas a favor da ciência e que estão contribuindo no combate ao COVID-19. É uma iniciativa idealizada por um grupo de mulheres que participam do projeto de extensão da UFPR denominado Meninas e Mulheres na Ciência", comenta a atriz Íris Gonçalves. Saiba mais...


Imagem: Marcelo Jean Machado

 

Smartphone Physics on the Rise

Smartphone apps that allow users to carry out physics experiments from home have seen a sudden spike in downloads as educators take physics lab courses online

Por: APS Physics. Acesse aqui a matéria original.


The shuttering of schools and universities around the globe has left educators scrambling to take their normal in-person classes online. Virtual lectures quickly replaced chalk-board talks. But creating remote laboratory classes proved trickier as the school’s oscilloscopes, light meters, and barometers remain behind locked doors. Some teachers decided to scrap the measurement-taking aspect of labs, asking students to analyze existing datasets instead. Many educators, however, have turned to smartphones and tablets—devices found in most homes—whose sensors can measure everything from a magnetic force to atmospheric pressure. As a consequence, the developers of apps that interface with the sensors report a significant increase in the number of downloads of their software over recent weeks. Saiba mais...


Imagem: APS/ Michael Schirber

Páginas