Todas as Notícias

USP busca método com biossensor mais barato para identificação da covid-19

Osvaldo Novais de Oliveira Junior comenta estudo que busca desenvolver sensor, com base em material genético para identificação da covid-19, de forma mais rápida e barata

Por: Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


A busca por testes mais rápidos e que possam ser aplicados a uma grande quantidade de pessoas é o objetivo do projeto encabeçado pelo Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP, que está estudando um método de detecção do vírus da covid-19. “Há dois tipos de biossensores para diagnóstico médico: um deles é o imunossensor, que detecta anticorpos, proteínas e antígenos no corpo do paciente, sendo este o teste mais rápido para a identificação da covid-19. O outro é o genossensor, capaz de detectar o material genético no paciente e, no caso da covid-19, um genossensor pode detectar se houve infecção desde o início”, comenta o professor Osvaldo Novais de Oliveira Junior, do IFSC da USP, em entrevista ao Jornal da USP no Ar. Saiba mais...


Imagem: Reprodução Portal ViralCure

Pró-Reitoria de Graduação divulga comunicado sobre atividades da graduação no período da pandemia da Covid-19

A Pró-Reitoria de Graduação, envolvendo desde sua equipe de servidores e assessores, como seus pró-reitores, tem envidado todos os esforços para atender as demandas da comunidade uspiana envolvida no ensino de graduação

Por: PRG. Confira aqui o comunicado completo.


Vale ressaltar que a graduação tem sido a mais impactada com a suspensão das atividades presenciais e, proporcionalmente, resolver ou mitigar os impactos são tarefas que requerem, além de uma enorme logística, discussões com diversos setores da USP, enfrentamento de aspectos legais, dentre outros. Assim, desde o início de março deste ano, já prevendo um possível crescimento da pandemia e das medidas de isolamento social impostas pelo governo e agências sanitárias, a Pró-Reitoria de Graduação, com ação direta de seus pró-reitores, está delineando continuamente estratégias e ações para atender às questões do ensino. Saiba mais...

Imagem: Reprodução

 

Plataforma de divulgação científica separa fatos de fake news sobre covid-19

Criado por pesquisadores do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, projeto também responde dúvidas do público

Por: Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


Mesmo com os esforços da comunidade científica e da imprensa, ainda há muita desinformação circulando a respeito do novo coronavírus. Por isso, toda iniciativa de divulgação científica responsável e bem embasada é positiva. Há várias delas sendo conduzidas pela USP e pesquisadores ligados à Universidade, e acaba de surgir uma nova: a plataforma Covid Verificado, que tem a proposta principal de fazer checagem científica de informações relacionadas à covid-19. Saiba mais...


Imagem: Reprodução/ Covid Verificado

Ranking avalia a contribuição da Universidade em prol da coletividade

"É com grande contentamento que recebo o resultado excelente que a Universidade de São Paulo (USP) obteve no THE University Impact Ranking 2020", comenta o reitor da Universidade de São Paulo, Vahan Agopyan

Por: Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


"Acredito que a Universidade vem cumprindo o seu papel e a sua função social, retornando para a sociedade o investimento despendido na instituição. O reconhecimento deste papel por uma renomada entidade avaliadora externa vem reconhecer e coroar o esforço da comunidade acadêmica." Saiba mais...


Imagem: Marcos Santos/ USP Imagens

Morte de físico, premiado com Nobel, é ofuscada pela pandemia de coronavírus

Philip Warren Anderson, que morreu no dia 29 de março, foi um dos ganhadores do Nobel de Física de 1977, junto com Sir Nevill Francis Mott e John Hasbrouck van Vleck

Por: Jornal da USP. Confira aqui a coluna completa.


Em meio às notícias sobre a covid-19, a morte do físico americano Philip Warren Anderson acabou não sendo noticiada pela mídia brasileira. “Normalmente, quando morre alguém que tenha ganhado um Prêmio Nobel, a imprensa dá atenção. Mas não foi o caso!”, observa o professor José Eli da Veiga. Mas o colunista destaca um artigo importante sobre o físico, publicado no jornal The New York Times, que mostra a capacidade e inteligência do físico americano. Saiba mais...


Imagem: Divulgação

Fazer ciência exige espírito crítico, mas também paixão e resiliência

Por mais que cientistas estejam convencidos de alguma ideia, é necessário buscar evidências para sua validação

Por: Jornal da USP. Acesse aqui a coluna completa.


A prática dos cientistas e os valores da ciência, questionados em meio à pandemia de covid-19, são o tema da coluna do físico Paulo Nussenzveig. “Vemos indivíduos com formação científica e títulos acadêmicos defendendo que os métodos da ciência sejam desconsiderados, por serem ‘lentos demais'”, afirma. “Em sociedades democráticas as pessoas são livres para alimentarem as crenças que quiserem. Mas políticas públicas devem ser guiadas por informações confiáveis e estudos metódicos, buscando soluções embasadas para os problemas.” Saiba mais...


Imagem: Divulgação

Webinar: Ciência e Sociedade

A Academia de Ciências do Estado de São Paulo (Aciesp) promoverá o seminário on-line Ciência e Sociedade, no dia 29 de abril de 2020, às 17 horas

Por: Agência FAPESP. Acesse aqui mais informações sobre o evento.


O evento contará com palestras de Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP, e Luiz Eugênio Mello, que assume o cargo de diretor científico da FAPESP em 27 de abril. Também participarão do webinar a presidente da Aciesp, Vanderlan Bolzani, e o vice-presidente, Paulo Artaxo. A mediação será do diretor executivo da Aciesp, Adriano D. Andricopulo. Saiba mais...


Imagem: Divulgação

USP é a 14ª universidade mais comprometida com objetivos sustentáveis do mundo

Novo ranking do Times Higher Education avalia o impacto das instituições em áreas como combate à pobreza, igualdade de gêneros e mudanças climáticas

Por: Erika Yamamoto, Jornal da USP. Acesse aqui a matéria original.


A USP ficou na 14ª posição no ranking THE University Impact, que avalia como as universidades do mundo todo estão contribuindo para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), em termos de pesquisa, divulgação e governança. O propósito é avaliar o comprometimento e o impacto social das ações desenvolvidas pelas universidades, enfrentando questões como desigualdade de gênero, educação de qualidade, mudanças climáticas, paz mundial e crescimento econômico. Saiba mais...

Imagem: Divulgação

 

Ciência USP em Quarentena: a melhor máscara possível

Se antes da pandemia de covid-19 nunca tinha passado pela sua cabeça a ideia de ir ao mercado usando uma máscara, saiba que você não está só. O entrevistado deste primeiro Ciência USP em Quarentena também não havia pensado a respeito, mas hoje testa materiais para produzir máscaras destinadas a equipes de saúde

Por: Silvana Salles, Jornal da USP. Confira aqui a matéria original.


(O entrevistado da semana é o engenheiro) Vanderley John, professor da Escola Politécnica (Poli) da USP e um dos coordenadores do projeto Respire!. Ele conta como a equipe do Respire! pesquisou qual era o melhor tecido para as máscaras que protegerão os médicos e enfermeiros que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. E também dá dicas para quem quer ir para a máquina de costura fazer sua própria máscara caseira. Saiba mais...


Imagem: Divulgação

Imagens de satélite confirmam redução na poluição de São Paulo

Imagens de satélite do Instituto Real de Meteorologia dos Países Baixos (KNMI) mostram, na Região Metropolitana de São Paulo, redução de 33% nos níveis de dióxido de nitrogênio (NO2), poluente associado à queima de diesel por veículos e à produção industrial

Por: Maria Fernanda Ziegler, Agência FAPESP. Acesse aqui a matéria original.


“As imagens mostram que a emissão do gás diminuiu mais de 30% em São Paulo na comparação entre os meses de março e abril do ano passado e deste ano. Também é possível identificar uma grande redução de NO2 em outras regiões metropolitanas, como as de Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES). A queda está fortemente ligada à diminuição da atividade industrial e dos transportes”, diz  Eduardo Landulfo, pesquisador do Centro de Lasers e Aplicações do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen). Saiba mais...


Imagem: Henk Eskes/ KNMI

 

Páginas