Colóquios Gleb Wataghin

Os Colóquios Gleb Wataghin constituem uma iniciativa da Comissão de Pós-Graduação (CPG) cuja proposta é trazer anualmente ao Instituto de Física um(a) pesquisador(a) premiado(a) internacionalmente para 1) ministrar uma palestra de grande alcance para um público com interesse geral em física e 2) conversar exclusivamente com os mestrandos e doutorados do IF sobre suas carreirais, trajetórias pessoais e perspectivas para o futuro. A CPG acredita que as rodas de bate-papo entre estes pesquisadores renomados e os estudantes proporcionam um momento único e estimulante de troca de experiências e impressões sobre a ciência e a academia.

Veja alguns nomes que o IF já teve a honra de receber ao longo dos anos. 

Convidado da 2ª edição do Colóquio (2017), o Prof. David Wineland foi contemplado com o Nobel de Física em 2012 por ter desenvolvido métodos experimentais inovadores capazes de medir e manipular sistemas quânticos individuais. Especialista em física atômica, infuenciou diversos estudos sobre o arrefecimento a laser e o aprisionamento de átomos. Além disso, suas pesquisas tornaram possível a criação do primeiro condensado de Bose-Einsten do mundo. 

O Prof. Wineland ministrou um colóquio sobre computadores quânticos no Instituto.

 

 

 

 

 

A Profa. Michal Lipson, primeira mulher a participar do Colóquio Gleb Wataghin do IF, foi a convidada da 4ª edição do evento e é uma líder mundial na área de fotônica, autora de artigos que figuram entre o 1% mais citados no mundo. Ganhadora de uma MacArthur Fellowship e de prêmios como o Comstock Prize in Physics, o R. W. Wood da Optical Society e o IEEE Photonics Award. Ministrou um colóquio sobre novas tecnologias ópticas.

 

 

 

 

 

 

Participante da 5ª edição do Colóquio Gleb Wataghin (2021), o Prof. William D. Phillips foi laureado com o Prêmio Nobel de Física em 1997, junto dos pesquisadores Steven Chu e Claude Cohen-Tannoudji por suas contribuições para a técnica do resfriamento a laser que permite fixar átomos e resfriá-los a temperaturas baixas. Tais técnicas romperam as barreiras para a produção de condensados de Bose-Einsten e para o estudo de efeitos quânticos em átomos ultra-frios. Além de suas contribuições científicas, o Dr. Phillips também é um defensor dos investimentos em ciência junto a governos e sociedades, divulgando e promovendo a importância da ciência entre o público mais jovem.

No IFUSP, o professor apresentou um colóquio sobre a reforma quântica do Sistema Internacional de Unidades (SI). 

 

 

 

 

 

Desenvolvido por IFUSP